Terça-feira, 14.06.11

Vai andando...

 

Vai andando meu amor

Prometo que vou a seguir,

Sempre atrás,

Pisando as pegadas

Seguindo os trilhos que descobres.

Depois de desbravares caminho,

Depois de inventares roteiros

e estradas.

Vai andando meu amor,

Começa tu a aventura,

Prometo que vou logo a seguir

Depois de ti...

Segunda-feira, 09.05.11

O início do fim

 

 

 

 

 

Dizem que quando uma parte da nossa vida acaba, outra começa. Parte de mim morreu, acabou, ficou enterrada. Porém, no mesmo sítio nasceu uma nova parte daquilo que compõe este pedaço de carne humana, munido de sentimentos claustrofóbicos que nos confudem o pensamento. Foi como se no meu corpo, uma ferida aberta estivesse a sarar, e a pele nova que cobre essa ferida estivesse a ser a melhor coisa de sempre.

 

O fim ditou o início de uma nova fase, de um novo mundo, de um novo eu.

 

Anne Marie,  apresento-te uma nova Anne Marie: uma menina-mulher, crescida e sorridente. Para trás ficam histórias e momentos de uma outra vida. Agora, segue o seu instinto e sem pensar...(em demasia).

 

Sexta-feira, 15.10.10

Âncoras

 

Há dias em que sentimos um aperto no peito e não sabemos porquê.

Depois há aqueles em que só nos apetece chorar e não sabemos porquê-

Outros em que parece que todos estão de mal connosco, que nos respondem mal, tratam mal e descarregam as frustrações em nós, e não sabemos porquê.

E outros ainda em que sentimos muito a falta duma pessoa.

Tentem agora juntar os três num só dia e digam-me se é fácil chegar ao fim sem verter uma lágrima, sem se sentirem nostálgicos, com mau feitio, tipo homens/mulheres das cavernas sem querer ver o mundo ou as pessoas que nele existem. Pois hoje foi esse dia. E teria sido mais fácil se pelo menos aquela pessoa lá estivesse, porque o seu sorriso contagia, a sua energia contagia, até as suas lágrimas são contagiantes. Como uma âncora impede-me de ir ao fundo, de me afundar, de me afogar, de me deixar cair. Hoje especialmente senti a tua falta e das coisas bonitas que fizemos juntas.

Anne Marie

C'est l'histoire de ma vie, racontée dans des mots qui sont le sommeil en vrac

É a história da minha vida, contada em palavras que fazem adormecer

aujourd'hui, je

mail

m.mariamica@sapo.pt

vieux

amis

visiteurs

blogs SAPO