Segunda-feira, 09.05.11

O início do fim

 

 

 

 

 

Dizem que quando uma parte da nossa vida acaba, outra começa. Parte de mim morreu, acabou, ficou enterrada. Porém, no mesmo sítio nasceu uma nova parte daquilo que compõe este pedaço de carne humana, munido de sentimentos claustrofóbicos que nos confudem o pensamento. Foi como se no meu corpo, uma ferida aberta estivesse a sarar, e a pele nova que cobre essa ferida estivesse a ser a melhor coisa de sempre.

 

O fim ditou o início de uma nova fase, de um novo mundo, de um novo eu.

 

Anne Marie,  apresento-te uma nova Anne Marie: uma menina-mulher, crescida e sorridente. Para trás ficam histórias e momentos de uma outra vida. Agora, segue o seu instinto e sem pensar...(em demasia).

 

Quinta-feira, 09.09.10

Au revoir

 

 

Chegou a altura de dizer "adeus".

A tua ida significa o final do Verão, do sol, dos acampamentos e dos festivais. O mar fica ali à minha espera, até para o ano. Os castelos de areia desmoronam-se entretanto, embalados nas ondas, irão regressar certamente. Arrumo na mochila a toalha, os óculos de sol e os cheiros dos lugares onde estivemos. Terá sido, talvez, o último Verão passado em grande.

Agora vais, mas depois voltas. Tal como o Verão, o sol, os acampamentos e os festivais.

Au revoir mon amour. Au revoir...

Segunda-feira, 16.08.10

# Deux

 

Anseio o dia em que vou acordar ao teu lado na nossa cama, na nossa casa, com um futuro promissor e uma barriguinha saliente.
É assustador ter 20 anos e pensar nisto.

 

Quinta-feira, 20.05.10

Um post sem título

 

Voltar a escrever?
Ando destreinada, parece-me. Escrevo e apago, apago e escrevo vezes sem conta. As palavras amontoam-se sem significado, tal como aquilo que quero dizer não tem sentido nenhum. Não me sinto capaz de voltar a "inventar" uma vida interessante para mim. Não faço uso das coisas que me acontecem, não vou voltar a escrever sobre o dia-a-dia de uma rapariga qualquer. Estou a notar mudanças, em mim, nos outros, em tudo à minha volta. Estou a aprender a lidar com essas mudanças. A pouco e pouco vai tudo ficando claro, algumas portas abrem-se, outras fecham-se bem à chave, e outras deixamos entreabertas para o que virá aí. Descobri e conheci pessoas que julgo que ficarão na memória, se não ficarem para a vida. Outras deixei de ver, deixei de falar, deixaram de se dar. A minha vida está a sofrer alterações, os 20 anos estão quase quase a chegar, as mentalidades são outras, a carta está quase feita, o namoro...à distância. Suporta-se, vive-se, sobrevive-se.

Anne Marie

C'est l'histoire de ma vie, racontée dans des mots qui sont le sommeil en vrac

É a história da minha vida, contada em palavras que fazem adormecer

aujourd'hui, je

mail

m.mariamica@sapo.pt

vieux

amis

visiteurs

blogs SAPO