Quinta-feira, 20.05.10

Um post sem título

 

Voltar a escrever?
Ando destreinada, parece-me. Escrevo e apago, apago e escrevo vezes sem conta. As palavras amontoam-se sem significado, tal como aquilo que quero dizer não tem sentido nenhum. Não me sinto capaz de voltar a "inventar" uma vida interessante para mim. Não faço uso das coisas que me acontecem, não vou voltar a escrever sobre o dia-a-dia de uma rapariga qualquer. Estou a notar mudanças, em mim, nos outros, em tudo à minha volta. Estou a aprender a lidar com essas mudanças. A pouco e pouco vai tudo ficando claro, algumas portas abrem-se, outras fecham-se bem à chave, e outras deixamos entreabertas para o que virá aí. Descobri e conheci pessoas que julgo que ficarão na memória, se não ficarem para a vida. Outras deixei de ver, deixei de falar, deixaram de se dar. A minha vida está a sofrer alterações, os 20 anos estão quase quase a chegar, as mentalidades são outras, a carta está quase feita, o namoro...à distância. Suporta-se, vive-se, sobrevive-se.
Domingo, 11.04.10

O espaço num tempo

Por mais que queiramos o tal espaço, é inevitável invadirmos o mundo um do outro. Abrimos bruscamente a porta e entramos de rompante, sem pedir permissão, como se nada se passasse e nada tivesse acontecido. Como se nos conhecêssemos ao tempo a que nos conhecemos, como se tudo fosse igual, como se fôssemos iguais.

O tempo era imprescindível. E o espaço do tempo... Esse não é fundamental?
Então porquê? Para quê?

Deveria existir espaço, deveria existir silêncio e deveria existir vazio.

Mas o espaço ainda não existe, o silêncio é sempre interrompido, e o vazio é preenchido de vez em quando.

O suposto era sofrer, passar por tudo isso. E tudo isso existiu apenas durante umas míseras 24 horas.

Depois, confundo-me com o espaço que me pediu. Confunde-me com trocas de palavras fundamentais ao rumo das nossas vidas. O tempo e o espaço são fulcrais, imprescindíveis, extremamente necessários. Então porque não existem? Quem deve tomar iniciativa? Quem consegue tomar a iniciativa?


Anne Marie

C'est l'histoire de ma vie, racontée dans des mots qui sont le sommeil en vrac

É a história da minha vida, contada em palavras que fazem adormecer

mail

m.mariamica@sapo.pt

vieux

amis

blogs SAPO